Gestante, Covid e pós-Covid: Como a nutrição pode ajudar?

Gestante, Covid e pós-Covid: como a nutrição pode ajudar? Mostraremos como a nutrição influenciará diretamente na blindagem e na recuperação dos pacientes

Gestante, Covid e pós-Covid: Como a nutrição pode ajudar?
imagem: Divulgação

Hoje em dia não restam dúvidas de que a Covid e/ou a vacina levam a um aumento da inflamação no organismo (pela infecção ou pela proteína spike). Em alguns indivíduos, essa inflamação persiste, gerando sintomas como: cansaço extremo, deficit de memória, dores musculares, formigamentos no corpo, alterações na pressão arterial, entre outros…

Alguns grupos populacionais geram maiores preocupações quando se fala em doenças infecciosas, sendo as gestantes, um deles. O sistema imune na gestação é altamente complexo e tem o objetivo de proteger tanto a mãe quanto o feto com demandas específicas ao longo dos trimestres. Por isso, nutrir bem o organismo é fundamental para que haja essa eficiência imunológica ao longo dos nove meses. 

Os vírus podem causar danos diretos ao feto (atravessando a placenta) ou podem afetá-lo de forma indireta, através da resposta imune materna à infecção. Essa resposta imune, quando exacerbada, pode interferir no sistema nervoso central, levando a danos neurológicos, cognitivos e predispor o bebê a problemas metabólicos, de autoimunidade, entre outros. 

Por isso, o cuidado desde o início da gestação é extremamente importante no cenário em que estamos vivendo, pois reduz as chances da condição de pós-Covid. Oferecer boas condições ao organismo enquanto gestante é fundamental para que o sistema imunológico esteja mais preparado para proteger tanto a mãe quanto o bebê caso ocorra infecção pela Covid.  

Gestante, Covid e pós-Covid: Como a nutrição pode ajudar?
imagem: Divulgação

Gestante Covid e pós-Covid Como a nutrição pode ajudar? As estratégias abaixo podem fazer a diferença para o sistema imune da gestante:

  1. Ter uma alimentação rica em alimentos de verdade: nos alimentos naturais, não processados, há uma maior quantidade de nutrientes antioxidantes disponíveis (fundamentais para diminuir o processo inflamatório e melhorar a nutrição celular);
  2. Cuidar do intestino: um intestino saudável está intimamente ligado a uma melhor resposta imunológica. Além disso, a microbiota intestinal do bebê é formada intraútero e depende muito do que a gestante ingere para essa formação. Alimentação saudável, rica em fibras (presentes nos vegetais), biomassa de banana verde (como fonte prebiótica) e probióticos são muito bem vindos;
  3. Fazer uma suplementação individualizada, que possa efetivamente suprir as deficiências de nutrientes, é fundamental para uma melhor eficiência imunológica;
  4. Os carboidratos são importantes na gestação, porém deve-se evitar seu excesso, principalmente dos simples como pães com farinhas refinadas, bolos, massas prontas, biscoitos e industrializados. Também é importante equilibrá-los com boas fontes de proteínas (ovos, frango, peixe) e gorduras (ex: azeite, oleaginosas);
  5. Controlar fatores que possam gerar mais trabalho ao sistema imune como, por exemplo: peso alterado, presença de metais pesados no sangue (alumínio, mercúrio, chumbo, etc), baixas concentrações de melatonina (sono inadequado em quantidade e qualidade), alimentação não orgânica, hidratação inadequada;
  6. Ômega 3, zinco, selênio, magnésio, vitamina C, A e E são nutrientes que merecem atenção caso a gestante se contamine com a doença, pois podem precisar de ajustes de dose;
  7. Fitoterápicos não são seguros na gestação, porém, alguns podem ser utilizados por um curto período de tempo, tanto no caso de Covid quanto no pós-Covid. Para isso, é interessante o acompanhamento de um profissional que tenha experiência com os ativos.
— Nós não podemos evitar a doença, mas podemos estar melhor preparadas caso aconteça! E no caso da COVID, se alguns sintomas aparecerem pós-doença, procurem ajuda, pois há tratamento.

“Mais de 2 milhões de brasileiros estão sofrendo com a Síndrome Pós-Covid. A Longhaulbrasil é uma rede de apoio que conta com profissionais de referência, preparada para ajudar você no tratamento dos seus sintomas.”

Longhaulbrasil – especialistas em tratamento pós-covid.

Gestante, Covid e pós-Covid: Como a nutrição pode ajudar?

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Posts Recentes: