Um corante com grande potencial terapêutico

azul de metileno - Otros Servicios - 1117201625

Um corante com grande potencial terapêutico. Você já ouviu falar no azul de metileno antes? A seguir algumas informações a respeito.

O que é o Azul de Metileno?

O azul de metileno foi sintetizado em 1876 pelo químico alemão Henrich Caro, é uma substância altamente solúvel em água e solventes orgânicos, possuindo uma alta permeabilidade nas membranas celulares.

Histórico de Uso

Em primeiro lugar, um ativo utilizado há muito tempo, a princípio como corante têxtil, depois como antisséptico, antídoto em intoxicações, e tratamento contra malária. Os estudos foram se aprofundando e, recentemente, o azul de metileno tem obtido bons resultados em pacientes com Alzheimer, Parkinson e em acidente vascular cerebral (AVC). Por certo, esses bons resultados são devido a sua capacidade de aumento nos níveis de Acetilcolina, um neurotransmissor de grande valor nas funções cognitivas e na memória.

Além disso, o azul de metileno possui um grande potencial antioxidante pela capacidade de atacar radicais livres, que são causados pelo estresse oxidativo. De fato, o excesso de radicais livres no organismo contribui para o envelhecimento precoce e o aparecimento de diversas doenças, como câncer e diabetes.

Um corante com grande potencial terapêutico
imagem: Divulgação

Podemos destacar outros efeitos benéficos, como:

  • Melhora da energia por evitar a morte das mitocôndrias;
  • Retardo do envelhecimento;
  • Redução da fadiga;
  • Aumento da função muscular.

Esse composto tem alguma funcionalidade no Pós-Spike?

Qual o potencial terapêutico desse corante?

Diante do tamanho potencial terapêutico do azul de metileno, este ativo tem ganhado espaço como parte do tratamento na síndrome pós-covid. Em especial nas condições de neuroinflamação como o brainfog, conhecido como aqueles “apagões”, “brancos” repentinos de palavras, falta de foco, atenção e fadiga. Ou seja, ocorre pelo combate das células hiper-reativas devido a presença da proteína spike no interior dos monócitos, e por sua ação neuroprotetora no que tange impedir e controlar os danos cerebrais.

Por fim, ressalta-se que o azul de metileno se trata de uma substância de baixo risco, mas é contraindicado para pacientes com insuficiência renal e hepática.

Certamente, este é um suplemento considerado seguro. No entanto, você deve falar com um profissional de saúde antes de utilizá-los, se você tem uma condição de saúde específica ou faz uso de quaisquer medicamentos.

Um corante com grande potencial terapêutico
imagem: Divulgação

Por fim, não se esqueça que este é um texto apenas informativo. Sempre que necessário um acompanhamento individual com profissional de saúde é vital para tratá-lo de forma adequada.

Sou Sabrina Araujo, farmacêutica, especialista em Fitoterapia e Prescrição de Fitoterápicos. Fiz a formação em Pós-Covid e sou favorável ao cuidado do paciente em sua complexidade e individualidade, no fortalecimento da imunidade por meio do uso de suplementos e hábitos saudáveis.

Um corante com grande potencial terapêutico

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Posts Recentes: